Marcio Fernandes/AE
Marcio Fernandes/AE

Luxemburgo defende privilégios de Fábio Costa

Treinador santista afirma que goleiro tem direitos adquiridos no clube da Vila Belmiro

Sanches Filho, Agencia Estado

20 de julho de 2009 | 20h47

O técnico Vanderlei Luxemburgo deixou claro em sua chegada ao Santos que quer ter o goleiro Fábio Costa como aliado no elenco santista. Para o treinador, o jogador é um exemplo de profissional, opinião compartilhada pelo presidente Marcelo Teixeira. Apesar das brigas com Fabiano Eller e Eduardo Bahia (treinador de goleiros), e de ter ameaçado agredir Paulo Henrique Lima, o técnico e o dirigente justificaram os privilégios que o goleiro tem no clube.

Veja também:

linkVanderlei Luxemburgo retorna ao Santos para espantar a crise

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"O que Fábio Costa tem no Santos não são regalias. São direitos adquiridos. Gostaria de ter vários Fábios Costas", disse o treinador nesta segunda-feira. "Ele tem história no clube. Privilégio é querer ser diferente e se recusar a trabalhar", acrescentou.

Teixeira explicou que além de ser associado do Santos, Fábio Costa comprou o camarote que tem na Vila Belmiro, e disse que não se importar de ter o seu nome relacionado ao do goleiro. "Não são verdadeiras as notícias de que ele tem regalias. Não me importo que me associem a ele no aspecto positivo", disse o dirigente, destacando as conquistas de Fábio Costa pelo Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.