Luxemburgo diz que Cruzeiro vai sofrer e reclama da torcida

O técnico Vanderlei Luxemburgo admitiu após o empate do Cruzeiro por 1 a 1 com o Avaí, domingo, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, que o seu time ainda vai "sofrer" na competição. Ele avaliou que a equipe controlou o confronto na etapa inicial, quando abriu o placar, mas depois caiu de rendimento e acabou sendo vazado no final do duelo.

Estadão Conteúdo

20 de julho de 2015 | 09h21

"Fizemos um primeiro tempo muito bom, com definição da equipe, bom toque de bola, boas penetrações e com chance de matar (o jogo). Não fizemos e no segundo tempo em uma oportunidade que tiveram eles empataram o jogo. Isso faz parte do futebol. Chateado, porque poderíamos ter avançado para o nono lugar na classificação e aí vamos ter que sofrer um pouquinho", declarou.

Alvo de cobranças dos cruzeirenses presentes ao Mineirão, assim como a diretoria e alguns jogadores, Luxemburgo respondeu com críticas ao torcedor, ressaltando os pequenos público do time no Campeonato Brasileiro - no último domingo, o duelo com o Avaí recebeu apenas 13.860 pagantes.

"A torcida do Cruzeiro, quando o time está voando, vem 40, 50 mil torcedores. Quando está ruim, essa é a característica deles. Em 2003, eu trabalhei aqui e era assim. Temos chamar a torcida para o jogo é jogando bem", afirmou.

Com 17 pontos, o Cruzeiro está apenas em 12º lugar no Brasileirão, e terá que buscar a reabilitação fora de casa, pois os dos próximos jogos do time no torneio serão como visitante, diante de São Paulo e Sport. Luxemburgo destacou que o momento é de o time mostrar força longe do Mineirão.

"Dois jogos fora de casa, jogos duros, mas é bom. Acho que é o momento para a gente também poder buscar alguma coisa fora de casa, mostrar que temos competência para buscar alguma coisa fora de casa", observou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.