Luxemburgo diz que já esperava queda

O técnico Vanderlei Luxemburgo reconheceu que, desta vez, o Santos não teve uma grande atuação, mas ressaltou que "foi fundamental a vitória sobre o Guarani, porque estamos na cola do Atlético-PR". O Santos é vice-líder do Campeonato Brasileir o, com 64 pontos, três a menos do que o time paranaense.Ele reafirmou que a queda de produção do seu time já era esperada pela comissão técnica. "Por isso eu vinha falando sobre a Copa Sul-Americana. Vocês trabalham apenas 90 minutos, mas estes viraram 120, 150... estamos sempre ligados em tudo que acontece" , afirmou. Luxemburgo lembrou a vitória sobre o Flamengo, nos pênaltis, pela Sul-Americana, como um fator negativo "porque desviou a atenção dos jogadores. Todos falaram que foi o melhor jogo do ano e perdemos o nosso caminho. Não sou contra este tipo de competição, mas ela tenha interferência direta no emocional do grupo".Mas o treinador acredita que tudo voltará ao normal nas próximas rodadas. "Estamos nos concentrando para que os jogadores possam se alimentar bem, treinar na hora certa e descansar também. São fatores que ajudam bastante", diz Luxemburgo.Depois do sufoco em campo, Luxemburgo até deixou de lado suas costumeiras críticas à arbitragem. "Nós tivemos contra um pênalti que não houve, mas o juiz confirmou um gol duvidoso e que foi porque a bola realmente entrou. Acho que isso já está melhorando , porque está acontecendo dos dois lados", disse sorrindo.O próximo jogo do Santos será o clássico contra o Corinthians, quando o técnico espera contar com todos os titulares, inclusive com o volante Preto Casagrande. "O negócio agora é descansar, porque corremos muito", disse o lateral-esquerdo Léo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.