Luxemburgo é multado em R$ 5 mil pelo TJD-SP

O técnico Vanderlei Luxemburgo escapou de pegar uma suspensão de até 360 dias em julgamento realizado nesta segunda-feira no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP). O treinador do Palmeiras foi multado em R$ 5 mil por ter ofendido o árbitro Cleber Wellington Abade no clássico contra o Corinthians.

AE, Agencia Estado

16 de março de 2009 | 19h48

Luxemburgo foi denunciado no artigo 188 (manifestar-se de forma desrespeitosa, ou ofensiva, contra membros do Conselho Nacional de Esporte (CNE); dos poderes das entidades desportivas ou da Justiça Desportiva, e contra árbitro ou auxiliar em razão de suas atribuições, ou ameaçá-los do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

No entanto, os auditores optaram por desclassificar a infração para o artigo 56 (No caso de tumultos durante a partida, com agressão, ofensas físicas ou verbais ao árbitro, árbitros assistentes, quarto árbitro e/ou representantes da FPF, e qualquer infração deste regulamento ou do regulamento específico de cada competição, a associação ou qualquer um dos seus membros, bem como torcedores responsáveis pela ocorrência, independentemente da punição que lhe possa ser aplicada pela Justiça Desportiva, ficam sujeitas, individualizada a conduta, às seguintes sanções de natureza administrativa aplicadas pelo Comitê Disciplinar, composto de três membros indicados pela Diretoria da FPF, cabendo recurso único da decisão ao TJD) do regulamento da competição, culminando em multa de R$ 5 mil para o técnico.

O Palmeiras também teve sucesso no julgamento de Fabinho Capixaba. O lateral-direito foi julgado pela expulsão no clássico contra o Corinthians. Ele foi suspenso por um jogo, mas já cumpriu a pena. Com isso, está liberado para atuar pelo time do Palestra Itália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.