Marcos Arcoverde/Estadão
Marcos Arcoverde/Estadão

Luxemburgo evita euforia e pede Flamengo mobilizado

Técnico pede que equipe mantenha os pés no chão após vitória por 3 a 0 no líder Cruzeiro e se concentre no jogo contra o América-RN

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2014 | 09h05

A vitória por 3 a 0 sobre o Cruzeiro, domingo, no Maracanã, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, empolgou o Flamengo e seus torcedores, mas o técnico Vanderlei Luxemburgo já trabalha para evitar que a euforia atrapalhe o desempenho do time. Por isso, ele cobrou mobilização para o duelo com o América de Natal, quarta-feira, também no Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil - no jogo de ida, a equipe carioca triunfou por 1 a 0.

"Quero convocar o torcedor. O que me preocupa é acharmos que temos o melhor time da competição porque vencemos o Cruzeiro, aí começarmos a jogar frouxo. O América-RN veio aqui e eliminou o Fluminense. O Flamengo venceu o Cruzeiro, mas já ficou para trás. Precisamos ter tranquilidade para jogar na quarta-feira a outra competição", disse. 

Para o duelo com o América-RN, o Flamengo não deve ter o zagueiro Wallace, que se contundiu durante o duelo com o Cruzeiro. No entanto, o treinador exibiu tranquilidade com o problema, destacando que conta com os zagueiros Marcelo, Chicão e Samir, que estará à disposição após servir a seleção brasileira olímpica, que nesta segunda-feira faz amistoso com a equipe Sub-23 dos Estados Unidos. 

"Estou tranquilo. Temos o Samir, que está fora mas vai nos ajudar. O Chicão vem tendo boas atuações. O Marcelo tirei por um momento por ter tido dois erros em jogadas que pararam em cima dele. Já o Chicão tem muita experiência", afirmou. 
Get Adobe Flash player

Também preocupado com a Copa do Brasil, Luxemburgo poupou o lateral-esquerdo João Paulo e promoveu a estreia de Anderson Pico. E o treinador avaliou que o jogador ainda tem muito a evoluir. "Ele é ambidestro e tem muita força. Foi legal produzir, abaixo do que sei que pode, mas é importante para descansarmos o João Paulo para a Copa do Brasil", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.