Rafael Ribeiro/Vasco.com.br
Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Luxemburgo explica o motivo de não estrear no comando do Vasco diante do Santos

'Tem o meu aniversário, que vou passar com minha família e amigos, e também o lançamento da minha cachaça', afirma o treinador

Redação, Estadão Conteúdo

10 de maio de 2019 | 23h26

O técnico Vanderlei Luxemburgo explicou, nesta sexta-feira, data de seu 67º aniversário, o motivo de não estrear no comando do Vasco no jogo de domingo, diante do Santos, no Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

"Trata-se de um compromisso acertado há muito tempo. Tem o meu aniversário, que vou passar com minha família e amigos, e também o lançamento da minha cachaça", afirmou o treinador, em entrevista para o canal ESPN Brasil, na noite desta sexta, em São Paulo, onde ocorreu o evento de lançamento da sua cachaça.

"Na segunda-feira, eu já avisei o Campelo (Alexandre, presidente do Vasco), estarei lá para iniciar os trabalhos", completou Luxemburgo, que vai estar com os jogadores na concentração neste sábado e estará também no Pacaembu no domingo.

Último colocado do Campeonato Brasileiro, com apenas um ponto, o time do Vasco vai ser dirigido pelo interino Marcos Valadares. A estreia de Luxemburgo no comando da equipe cruzmaltina deverá ocorrer no dia 19, contra o Avaí, em São Januário.

Ao lado de sócios, o técnico comprou a cachaçaria Brejo dos Bois, que fica em Junqueiro, Alagoas, no ano passado. É um dos vários negócios do treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.