Luxemburgo faz graça com Alex

De uma hora para outra, Alex tornou-se peça-chave no esquema do Palmeiras. De dorminhoco e centro das críticas do torcedor, passou a gênio. Tudo por causa do gol histórico que marcou contra o São Paulo, na semana pessada, que lhe rendeu diversas homenagens. Nos treinos do Palmeiras, é o alvo das câmeras fotográficas e de televisão. Agora, até o técnico Vanderlei Luxemburgo resolveu usar o meia para fazer mistério em relação à escalação, artifício que nunca havia adotado. Embora o atleta esteja em perfeitas condições físicas, o treinador insiste em dizer que há possibilidades de o meia não jogar. "Não sei se ele vai jogar, vai depender de sua condição física e do treino de amanhã", declarou Luxemburgo. Se a intenção do técnico palmeirense foi fazer mistério e confundir o técnico do Guarani, Zé Mário, falhou num aspecto. Esqueceu-se de avisar Alex, que adotou discurso oposto. "Não sou dúvida. Ah, só se sou na cabeça dele", afirmou. O jogador foi poupado dos últimos treinamentos por causa de dores musculares, mas garante não ter nenhum problema para enfrentar o Guarani, sábado, no Palestra Itália. "Nem sei porque cargas d?água não treinei hoje. Era só dor muscular." Apesar da encenação de Luxemburgo, Alex vai, sim jogar. Hoje, ele não participou do coletivo em que os titulares venceram os reservas por 1 a 0, gol de Juninho, seu substituto. Arce também foi poupado. O coletivo, realizado no Palestra Itália, foi visto atentamente pelo presidente Mustafá Contursi, que ficou nas tribunas do estádio. Fato raro. Mustafá nunca assiste a treinos.

Agencia Estado,

28 Março 2002 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.