Luxemburgo faz ressalva na estréia

A confirmação de que o Palmeiras vai estrear na Copa dos Campeões no dia 3 de julho contra o Bahia, no estádio Alberto Silva, em Teresina, às 19h15, agradou ao treinador Vanderlei Luxemburgo, que fez uma ressalva. "Nossa chave, que conta também com Vasco e Atlético Mineiro, é muito complicada. Mas não podemos escolher adversários." O Palmeiras está no Grupo D da competição. Depois do Bahia, enfrentará o Vasco da Gama no dia 10 de julho, às 21h45, e encerra sua participação na primeira fase contra o Atlético Mineiro no dia 14, às 18h15. A Copa dos Campeões será disputada entre julho e agosto em quatro sedes (Teresina, Fortaleza, Natal e Belém), com quatro grupos de quatro clubes. Os dois primeiros de cada chave disputam as quartas-de-final. Luxemburgo não quis fazer comentários em relação ao regulamento da Copa, que estipula que tanto as quartas-de-final quanto às semifinais serão jogadas em apenas uma partida. A decisão vai ocorrer em dois jogos. "Prefiro analisar a tabela e o regulamento com calma antes de emitir minha opinião." As negociações para a vinda do lateral e meia Felipe, do Vasco, não evoluíram. Mas Luxemburgo avisou que se o jogador retornar ao Parque Antártica deverá utilizá-lo como meia. "O Felipe é um grande jogador também como ala ou mesmo lateral. Mas não consigo vê-lo nessa faixa do campo. Na seleção brasileira o convoquei para atuar como meia. Tenho um carinho enorme por ele e só não disputou a Olimpíada de Sidney porque Eurico Miranda (presidente do Vasco) não permitiu."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.