Luxemburgo fica feliz com o empate

Já nos vestiários do estádio Jaime Cintra, o técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, não poupou elogios à sua equipe. Para ele, o empate por 1 a 1 com o Etti Jundiaí, neste sábado, foi considerado "um excelente resultado". O treinador destacou o poder de reação de seu grupo, que estava atrás do marcador até os 37 minutos do segundo tempo. "Claro que sempre pensamos na vitória. Porém, mostramos força de reação. E o mais importante é somar pontos nesse momento." Apesar disso, Luxemburgo lamentou voltar a São Paulo sem a classificação para as semifinais do Rio-São Paulo assegurada. "Com os três pontos já poderíamos estar classificados", observou. "Mas conseguimos ficar na liderança do campeonato e vamos conseguir os pontos necessários nas próximas três rodadas." Tempo para trabalhar não vai ser problema na Academia de Futebol. O time só volta a jogar no próximo fim de semana, pelo Torneio Rio-São Paulo. A partida, contra o Guarani, está marcada para o domingo, no Palestra Itália. Contudo, por causa do Grande Prêmio de Fórmula 1, que acontece no mesmo dia, é provável que a rodada seja toda antecipada para o sábado. A mudança, geralmente, atende a um pedido da Polícia Militar. Novatos - No Etti, o clima não era tão bom. Para o zagueiro Márcio Santos, sua equipe não conseguiu segurar o resultado por causa da inexperiência. "Nosso time é bom, mas às vezes pena pela falta de vivência e experiência em jogos contra equipes mais tradicionais?, lamentou. Na próxima rodada, o time de Jundiaí vai enfrentar a Portuguesa, no Canindé.

Agencia Estado,

23 Março 2002 | 20h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.