Luxemburgo ironiza reclamação santista

O técnico Vanderlei Luxemburgo, do Cruzeiro, foi irônico sobre as reclamações dos santistas a respeito da atuação do árbitro Héber Roberto Lopes na partida deste sábado, em que o time mineiro venceu por 3 a 0, no Mineirão. Para ele, o Santos anda se metendo em muitas confusões nos jogos."Não é a primeira confusão em que o Santos se envolve. Lembro de outras no Brasileiro do ano passado, na Copa Libertadores e na Vila Belmiro. Eu não posso falar nada sobre isso. Quem tem de falar é o Emerson Leão. Ele é quem dirige o Santos. Quem tem o controle emocional do Santos é o Leão", afirmou Luxemburgo.O treinador do Cruzeiro disse que a expulsão do meia Fabiano, que é seu genro, quando o jogo ainda estava 1 a 0 para o Cruzeiro, no segundo tempo, foi decisiva para a vitória de sua equipe. "Isso é estatística, 84% dos times que têm jogadores expulsos perdem as partidas", explicou.Luxemburgo minimizou a ausência de Diego e disse que se o meia santista tivesse jogado, o resultado não teria sido diferente. "A ausência do Diego não importou. O que me deixou surpreso foi o fato de o Leão ter tirado o William, deixando o Elano no ataque. Fiquei surpreso", admitiu.Ciente de que o Campeonato Brasileiro ainda tem 15 rodadas pela frente, Luxemburgo não quis cantar vitória sobre a situação do time na classificação. "O Cruzeiro ganhou com propriedade da melhor equipe do Brasil, que é o atual campeão brasileiro. Mas o que conseguimos hoje foi caminhar mais um pouquinho em busca do nosso objetivo. Vencemos, abrimos vantagemna classificação e conseguimos melhorar o saldo de gols. Foimais um passo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.