Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Luxemburgo lamenta resultado contra o Grêmio e diz que Palmeiras merecia vitória

Técnico afirma que time precisava ter controlado melhor o resultado para não sofrer gol nos acréscimos

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2020 | 18h56

O técnico Vanderlei Luxemburgo, do Palmeiras, lamentou neste domingo o empate por 1 a 1 da equipe com o Grêmio, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Na opinião do treinador, a equipe merecia um resultado melhor por ter conseguido controlar a partida, saído na frente já no segundo tempo e só levar o gol nos acréscimos, após jogada de escanteio concluída por Ferreira.

"Faltou a gente segurar mais a bola no ataque com a vantagem, por não ter a necessidade de fazer o segundo gol. Faltou ganhar um pouco mais de tempo. O Weverton não fez nenhuma defesa no jogo. O gol sai em uma bola parada em que o cara antecipou", disse o técnico. O Palmeiras abriu o placar aos 25 minutos do segundo tempo com Raphael Veiga e sofreu o empate do Grêmio aos 46.

Por estar com a vitória praticamente garantida até os acréscimos, Luxemburgo avaliou que o Palmeiras merecia ter confirmado os três pontos. "No futebol sempre alguém sai lamentando e hoje fomos nós", afirmou. "O Palmeiras não jogou uma partida maravilhosa tecnicamente, mas entendemos o adversário. Tanto é que saímos com vantagem. Não vi o Weverton fazer uma grande defesa", comentou.

O treinador lamentou que o Palmeiras tenha acumulado o sexto empate em dez jogos disputados. Apesar de invicto, o acúmulo desses resultados de igualdade têm impedido o time de subir na tabela. Se tivesse confirmado a vitória diante do Grêmio, a equipe alviverde estaria somente um ponto atrás do líder Atlético-MG. No entanto, o clube está estacionado com 18 pontos, três atrás do primeiro colocado.  

Depois do jogo em Porto Alegre, o Palmeiras terá compromisso no meio de semana pela Copa Libertadores. Na quarta-feira o time enfrenta no Paraguai o Guaraní, pela quarta rodada da fase de grupos. Na competição continental o atual campeão paulista está com 100% de aproveitamento: três vitórias em três jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.