Luxemburgo lamenta vacilo do Flamengo após empate

O técnico Vanderlei Luxemburgo até gostou da atuação do Flamengo no domingo, quando empatou com o Internacional por 2 a 2, em Porto Alegre. Ainda assim, ele lamentou o vacilo da equipe na etapa final e os dois pontos desperdiçados, que poderiam aproximar a equipe do líder Corinthians - agora, está dois pontos atrás.

AE, Agência Estado

22 de agosto de 2011 | 08h24

O Flamengo vencia por 1 a 0 no domingo e tinha um jogador a mais, após a expulsão do volante argentino Guiñazu. Permitiu, no entanto, que o Inter empatasse duas vezes. "Foi um jogo muito bom, com alternativas para os dois lados. Estamos lamentando um pouco porque tínhamos o resultado nas nossas mãos", avaliou o treinador.

Apesar de ligeiramente frustrado, Luxemburgo comentou que seu time soube reagir após ser goleado em casa na quinta-feira, pelo Atlético Goianiense, por 4 a 1. "Aquele não era o Flamengo. O Flamengo de verdade é esse que enfrentou o Inter e foi para cima mesmo jogando fora de casa. Eu avisei logo depois do jogo contra o Atlético-GO que nosso time não ia se abater", lembrou.

O treinador flamenguista ainda saiu em defesa do atacante Deivid, que perdeu grande chance de liquidar o jogo quando o Flamengo vencia por 2 a 1. "Da mesma forma que o Deivid já nos deu a vitória em algumas partidas, desta vez ele perdeu. Não pode se abalar com esse gol perdido. O que tinha de falar para ele já disse no vestiário", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.