Luxemburgo minimiza 4 a 1 e pede calma no Flamengo

A goleada sofrida para o Atlético Mineiro no sábado, por 4 a 1, não abalou os ânimos de Vanderlei Luxemburgo. Embora o Flamengo tenha ficado em situação complicada no Campeonato Brasileiro, o treinador pediu tranquilidade aos jogadores.

AE, Agência Estado

14 de novembro de 2010 | 13h47

"Perder de um ou de quatro é uma derrota. O importante é manter a tranquilidade", garantiu o treinador, minimizando a preocupação com o rebaixamento. "Era um jogo que sabíamos que seria difícil, um ambiente difícil, mas o importante é que ainda temos três jogos na tabela. Queimamos a gordura que tínhamos, agora depende de nós".

Com a derrota, o Flamengo permanece com quatro pontos na frente do Guarani, que hoje seria rebaixado. E a próximo partida do time de Luxemburgo é justamente contra os campineiros, no sábado. "Esse jogo é fundamental, é uma decisão, como se fosse de título. Analisando a tabela, basta ver que a vitória contra o Guarani é como se fosse para ganhar o título para nós", disse o técnico.

"O torcedor tem que entender que temos uma briga diferente. Se estivéssemos bem, estaríamos buscando o título. Não é o caso. O campeonato é outro. Temos que entender que ainda faltam mais três jogos para sair dessa situação", finalizou Luxemburgo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.