Luxemburgo não comparece à audiência

O técnico do Corinthians, Wanderley Luxemburgo, não compareceu hoje à Audiência de Instrução e Julgamento, na 43ª Vara Cível do Rio, relativa ao processo em que é réu, movido pelo ex-árbitro Cláudio Vinicius Cerdeira. Luxemburgo foi representado por seu advogado, Marcos Augusto Malucelli. Cerdeira entrou com uma ação indenizatória contra Luxemburgo, alegando que foi ofendido pelo treinador durante jogo Santos x Internacional, disputado em 1997, na Vila Belmiro. Luxemburgo era técnico do Santos, discutiu com Cerdeira e foi expulso de campo. "Ele chamou o Cerdeira de ladrão, safado e mal-intencionado", disse o também ex-árbitro Jorge Travassos, testemunha do autor da denúncia. O juiz da 43ª Vara Cível, Jayme Dias Pinheiro Filho, marcou para 26 de setembro dia de nova audiência, quando os advogados de ambas as partes terão de apresentar suas razões finais. Na ação, Cerdeira não estipula o valor da indenização, deixando a medida a critério de decisão judicial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.