Luxemburgo: 'Não existe essa de Meninos da Vila'

Técnico do Atlético-MG tratou de criticar o apelido dado à nova geração de garotos do Santos

BRUNO DEIRO, O Estado de S. Paulo

29 de abril de 2010 | 11h22

Mesmo com os dois gols sofridos, Vanderlei Luxemburgo mostrou satisfação após a vitória do Atlético Mineiro por 3 a 2 sobre o Santos e garantiu que é possível manter a vantagem na Vila Belmiro, no jogo de volta deste confronto pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Atlético-MG 3x2 Santos

O técnico, que passou pelo Santos no ano passado e deu poucas chances a Neymar e Paulo Henrique Ganso, tratou de criticar o apelido dado à nova geração de garotos do time santista.

"Não existe essa de Meninos da Vila, apenas o Ganso, o Neymar e o André, quando jogam juntos, é que foram criados ali. Criou-se isso como se fosse verdade absoluta", declarou o treinador atleticano.

Luxemburgo negou mágoa pela sua passagem mais recente pela Vila Belmiro, que não teve o mesmo êxito das anteriores. "Me orgulho que todos os jogadores do Santos, com exceção do Durval, com quem não trabalhei, vieram me cumprimentar antes do jogo", disse ele.

"Parte da imprensa ficou tentando colocar os meninos contra mim, como se tivesse feito alguma maldade quando passei por lá." Assim como o Santos, o Atlético tem grandes chances de ser campeão estadual neste fim de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.