Luxemburgo não fala sobre seleção

A seleção brasileira ainda é um assunto incômodo no Corinthians. Principalmente para o técnico Wanderley Luxemburgo. Ao ser questionado nesta terça-feira sobre o que pensava sobre a entrada de Luiz Felipe Scolari no cargo do qual foi demitido em outubro do ano passado, o treinador corintiano se fez de desentendido. "Vou falar sobre o Grêmio, sobre nossa decisão. Estamos concentrados na Copa do Brasil", disse aos jornalistas.A insistência por uma posição sobre o assunto chegou a irritar Luxemburgo. Quando foi indagado por uma emissora de TV se o assunto o chateava, o ex-técnico da seleção foi direto. "Não, você é que está sendo chato." Já os jogadores procuravam seguir o discurso imposto pela comissão técnica. Todos evitavam fazer muitos comentários sobre a entrada de Scolari. Mas Marcelinho mostrou-se animado. "É um grande treinador e eu, como qualquer atleta do Brasil, tenho expectativa quanto à lista de convocados de amanhã", afirmou o meia corintiano.Outro que está otimista com a contratação do ex-treinador do Cruzeiro é o zagueiro Scheidt, que, como Scolari, veio da escola sulista. "Sem dúvida é um disciplinador e tenho certeza de que vai contribuir muito para a seleção brasileira."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.