Luxemburgo não pretende mudar o time

Depois de vencer o Santos por 2 a 1, sábado, no Palestra Itália, e chegar à vice-liderança no Torneio Rio-São Paulo, o Palmeiras terá um desafio ainda maior na estréia na Copa do Brasil, quarta-feira, em Arapiraca: vencer o Asa por uma diferença de dois gols e eliminar o jogo de volta, marcado para a quarta-feira seguinte. ?É claro que se for possível vencer por uma diferença de dois gols será ótimo. Mas o nosso compromisso maior é com a vitória simples?, afirmou o técnico Vanderlei Luxemburgo.Além do avião e do tempo perdido nos aeroportos, o time terá de completar o caminho de Maceió a Arapiraca de ônibus. Para complicar ainda mais, o Palmeiras voltará a jogar pelo Rio-São Paulo no sábado à tarde, contra o Bangu, em Moça Bonita. Por isso, a equipe pode ir direto de Maceió para o Rio.Luxemburgo criticou a organização da tabela, que marcou a estréia do Palmeiras na Copa do Brasil para a quarta-feira de cinzas.Ainda sem saber se terá condições de contar com o zagueiro César, Luxemburgo deve manter a mesma equipe que venceu o clássico contra o Santos. ?O time está mudando o estilo de jogo e isso leva algum tempo. Mas se eu conseguir manter a mesma base sempre, vai ficar mais fácil?, avaliou o treinador palmeirense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.