Luxemburgo não quer acomodação no time do Santos

Vanderlei Luxemburgo usa um velho chavão do futebol para evitar que os jogadores do Santos fiquem empolgados com a boa campanha do time no Campeonato Paulista. "Não ganhamos nada ainda. Se terminarmos esta fase em primeiro e depois perdermos nas semifinais, de nada vai adiantar o que fizemos até agora", alertou o treinador.Por isso mesmo, a ordem no Santos é manter o embalo. O time volta a jogar na quarta-feira, contra o América, quando voltará a ter o mesmo número de jogos dos demais participantes do Paulistão. E depois, encara o São Bento no sábado. Ambos serão na Vila Belmiro."Vamos jogar duas decisões nesta semana, antes da viagem para a Colômbia. Como jogaremos em casa, temos que aproveitar para avançarmos na competição" afirmou Luxemburgo, lembrando também da estréia do Santos na fase de grupos da Libertadores, contra o colombiano Deportivo Pasto, no dia 22 de fevereiro.Atualmente, mesmo com um jogo a menos, o Santos já lidera o Paulistão. Mas tem os mesmos 19 pontos do São Caetano, levando vantagem nos critérios de desempate. Por isso, uma vitória sobre o América é fundamental para dar folga."Nosso retrospecto na Vila Belmiro é bom, mas vamos ter que ralar muito para conseguirmos o nosso objetivo e para não enfrentarmos problemas quando houver conflito de competições", disse o goleiro Fábio Costa, consciente de que é importante manter a liderança, apesar de os quatro primeiros colocados conseguirem vaga. "Qualquer tipo de vantagem no mata-mata (semifinais e finais do Paulistão) faz muita diferença."Nesta segunda-feira, os titulares fizeram um trabalho de recuperação com corridas em volta dos campos do Centro de Treinamentos Rei Pelé. Depois, houve um treino recreativo. Nada muito puxado, pois o time do Santos jogou no domingo, quando venceu o Santo André fora de casa.A novidade do dia, no Centro de Treinamentos Rei Pelé, foi o ex-jogador Edinho, que teve o seu primeiro dia como integrante da comissão técnica de Luxemburgo. Mas o filho de Pelé ficou no departamento de musculação e não apareceu em campo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.