Luxemburgo: 'O Valdivia vai ter de voltar a ser o que era'

Técnico lamenta empate do Palmeiras no Palestra Itália e diz que cobrará um rendimento melhor do chileno

Redação,

10 de julho de 2008 | 23h21

O técnico Vanderlei Luxemburgo não gostou do rendimento do Palmeiras no empate diante do Figueirense, no Palestra Itália, por 1 a 1. O treinador afirmou que o clube poderia ter deixado o campo com uma vitória e ainda disse que cobrará um desempenho melhor de Valdivia.   Veja também:  Palmeiras apenas empata com o Figueirense no Palestra Itália   "O Valdivia vai ter de voltar a ser o que era", afirmou Luxemburgo na sala de imprensa do Palestra Itália. "É normal que essas cobranças aconteçam sobre ele. Todos aqui são cobrados, mas o Valdivia tem mais cobrança por ser destaque."   Luxemburgo disse que o time demonstrou algumas virtudes, apesar do empate. "O Fabinho [Capixaba] fez um belo jogo e deu o passe que saiu o gol do Alex Mineiro. Criamos oportunidades, mas a bola não entrou."   Artilheiro do Brasileirão com sete gols, Alex Mineiro lamentou o placar. "A gente não conseguiu aplicar o ritmo que estamos acostumados no Palestra. Sabíamos que o caminho neste jogo era as laterais, mas infelizmente não conseguimos virar."

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasVanderlei LuxemburgoValdivia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.