César Greco / Ag. Palmeiras
César Greco / Ag. Palmeiras

Luxemburgo promete fazer 'lives' com torcedores do Palmeiras nas redes sociais

Técnico afirma que contato com os torcedores é importante e irá começar transmissões quando tiver 300 mil seguidores

Redação, Estadão Conteúdo

17 de maio de 2020 | 17h37

Em uma iniciativa para se aproximar da torcida do Palmeiras, o técnico Vanderlei Luxemburgo revelou que vai aderir às "lives", que se tornaram uma febre na internet no período de isolamento social. Os encontros virtuais vão ocorrer em seu perfil no Instagram, sempre que metas de seguidores forem alcançadas pelo treinador.

"Nesse momento em que não temos tido jogos de futebol, ficamos distantes, e é importante essa aproximação entre torcedor, técnico e jogadores - ressaltou o técnico", anunciou o técnico do Palmeiras, em vídeo.

Luxemburgo, que tem 291 mil inscritos na sua página na rede social, prometeu fazer a primeira "live" quando chegar aos 300 mil. E vai realizar outras a cada mais 50 mil seguidores que ganhar.

"No meu Instagram, os torcedores vão ter a possibilidade de ter contato comigo, e até uma live comigo. Como seria? Hoje tenho cerca de 280 mil seguidores. Se chegarmos a 300 mil seguidores, vou fazer live com um torcedor, 350 mil outra live, 400 mil, outra. Vai ser um momento em que vou poder conversar, o torcedor poder conversar comigo, perguntar e falar sobre tudo aquilo que ele pensa", acrescentou.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Vamos poder bater aquele papo. Vai ser muito legal!!!

Uma publicação compartilhada por Vanderlei Luxemburgo (@luxaoficial) em

Com as medidas de isolamento social, Luxemburgo tem usado as redes sociais para se comunicar com os torcedores do Palmeiras. Além disso, concedeu recentemente uma entrevista coletiva online.

Ainda não há qualquer previsão sobre quando as competições serão retomadas ou mesmo quando o Palmeiras poderá voltar a treinar na Academia de Futebol. Por enquanto, as atividades têm sido realizadas pelos jogadores em suas residências, com eles recebendo orientações por videoconferência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.