Luxemburgo quer Beto no Palmeiras

O técnico Vanderlei Luxemburgo resolveu realizar dupla função no Palmeiras. Agora atua também como manager, o mesmo cargo que desempenhava em sua passagem pelo arqui-rival Corinthians. Depois de assumir que intermediou as negociações com o atacante Christian e com o zagueiro César, - ambos foram contratados -, o treinador agora pode estar acertando a volta do meia Beto ao futebol paulista - o jogador já defendeu o São Paulo. "Já conversei duas vezes com o Luxemburgo", revelou o ex-atleta do Flamengo, que desembarca amanhã na capital, data que encerra as inscrições para o Torneio Rio-São Paulo, para acertar seu futuro. Negocia também com o Corinthians. A postura do treinador já está despertando um certo descontentamento dos diretores de Futebol do clube, Américo Faria e Sebastião Lapola, responsáveis pelas contratações de reforços e que foram muito criticados pela torcida pelas más contratações no segundo semestre de 2001. Sobre a possível negociação com Beto, Faria foi enfático. "Não é do meu conhecimento e não tenho nenhum comentário a fazer sobre o assunto." Já Lapola procurou se esquivar. "O Beto pode estar conversando com outra pessoas do Palmeiras." Na espera - A tão sonhada estréia do zagueiro César com a camisa do Palmeiras está se transformando em novela. Opção técnica ou documentação irregular? Segundo o diretor de Futebol do clube, Américo Faria, o jogador, recém contratado do Rennes, da França, já está com sua inscrição regularizada na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desde a última quinta-feira (dia 7), mas não deve viajar para o Rio por estar sem ritmo de jogo. "Ele ainda não está treinando com o grupo. Possivelmente na próxima semana, faça sua estréia", adiantou o dirigente, sem convencer. No jogo de sábado, diante do Bangu, em Moça Bonita, pelo Torneio Rio-São Paulo, o técnico Vanderlei Luxemburgo deve manter a defesa que atuou na surpreendente derrota para o ASA - 1 a 0, em Arapiraca, pela Copa do Brasil -, com Thiago Matias e Alexandre. Craques no estaleiro - O técnico Luxemburgo está com um grande quebra-cabeças para resolver. Sem contar com Pedrinho, que operou o joelho e só deve retornar aos gramados no segundo semestre, o treinador perdeu para o duelo com o Bangu, seus outros dois craques do meio-de-campo. Alex, entorse no tornozelo esquerdo, e Lopes, se contundiram diante do ASA e não embarcam para o Rio. "A lesão do Alex não é tão séria, é uma entorse de tornozelo esquerdo. Já a do Lopes é um pouco mais grave", explicou o diretor de Futebol Sebastião Lapola.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.