Luxemburgo quer o time atento para pegar o Botafogo

Técnico descarta favoritismo e diz que equipe não pode ter o mesmo espírito do clássico com o Corinthians

Bruno Lousada, do Estadão,

05 de outubro de 2007 | 12h16

O técnico Vanderlei Luxemburgo disse nesta sexta-feira que o Santos não deve encarar o Botafogo com o mesmo espírito que entrou em campo contra o Corinthians, no dia 2 de setembro, quando foi derrotado por 2 a 0.   Veja também:  Classificação Calendário / Resultados   Assim como para a partida contra os cariocas, o time da Vila Belmiro era apontado como grande favorito no clássico paulista, mas acabou derrotado.   "O Botafogo precisa vencer e se recuperar na competição. Será uma partida muito complicada", disse Luxemburgo. "Temos de entrar com tudo, diferente do jogo contra o Corinthians. Não podemos contar a vitória antes."   O Botafogo entrou em crise após a eliminação na Copa Sul-Americana. O clube perdeu o técnico Cuca e contratou Mário Sérgio. O novo treinador, no entanto, não conseguiu dar ânimo ao time, que perdeu as últimas duas partidas no Brasileirão."   Outro que destaca a dificuldade do confronto é o meia Petkovic. "O Santos terá duas partidas complicadas pela frente [depois do Botafogo, pega o Palmeiras]. Temos de ter atenção, do contrário, teremos problemas."   Para o duelo, Luxemburgo não poderá contar com o zagueiro Domingos e o atacante Kleber Pereira, ambos suspensos. Em contrapartida, voltam o lateral-direito Baiano e o meia Pedrinho.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCVanderlei Luxemburgo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.