Luxemburgo reclama de cobrança e defende grupo

Vanderlei Luxemburgo desabafou na coletiva após a estréia vitoriosa no Campeonato Paulista sobre o que considera má vontade da imprensa na análise do grupo santista para 2007. O técnico, que não recebeu reforços de ponta neste início de ano, fez questão de defender seus jogadores."O Santos começou com uma desconfiança muito grande. Passei uma mensagem aos meus jogadores: qual é o time no Brasil que tem jogadores como Zé Roberto, Antônio Carlos, Fábio Costa e Kleber? Fico espantado com os comentários das pessoas dizendo que o time é ruim. Nossa equipe não é melhor do que ninguém, mas também não vejo nenhuma melhor que a nossa", discursou o treinador.Até agora, o Santos contratou os zagueiros Antônio Carlos e Adaílton, o lateral-direito Pedro, o volante Vinícius e o meia-atacante Marcos Aurélio - este último ainda em litígio com o Atlético Paranaense. No entanto, Luxemburgo garante que não sente falta de reforços para o ataque e defendeu Fabiano, titular da posição, ao lado do improvisado Rodrigo Tabata, neste começo de ano."O Fabiano é um jogador que promete, mas como ele vai mostrar que é bom se não der oportunidade para ele? E qual é o jogador que está livre no mercado que é possível contratar?", questionou Luxemburgo, antes da última frase de efeito, ao ser questionado sobre os poucos investimentos feitos no time. "Acontece que às vezes o Santos compra coisas em Miami e dizem que comprou no Macro. Tem time que compra no Macro e dizem que comprou em Miami."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.