Luxemburgo reconhece superioridade do São Paulo no clássico

Técnico do Palmeiras afirma que o adversário teve uma bela atuação e isenta o árbitro de culpa pela derrota

Redação,

13 de julho de 2008 | 18h48

O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, reconheceu neste domingo a superioridade do São Paulo, que venceu por 2 a 1 o clássico disputado no Morumbi válido pelo Campeonato Brasileiro.Veja também: São Paulo vence o Palmeiras e ganha moral no Brasileirão Classificação e resultados"A vitória foi totalmente justa, o São Paulo jogou muito bem. Nossa equipe demorou para se encaixar em campo, deveríamos ter adiantado a marcação mais rapidamente paga pegar o Zé Luís e o Richarlyson", declarou.No entanto, o comandante palmeirense ressaltou a melhora da equipe no segundo tempo. "Arriscamos mais e o São Paulo ficou apenas no contra-ataque. Mesmo assim eles criaram boas chances de gol", assinalou.Para Luxemburgo, o árbitro do clássico, Carlos Eugênio Simon, não teve nenhuma influência no resultado. "Ele é um árbitro Fifa, estava sempre em cima, interpretando as jogadas. Parabéns a ele e ao São Paulo".O treinador procurou evitar fazer qualquer tipo de crítica específica ao setor defensivo, que demonstrou falta de entrosamento e cometeu diversas falhas durante a partida. "Não adianta ficar falando disso, foi a equipe como um todo".PRÓXIMA RODADAPara o confronto da próxima quarta-feira contra o Fluminense no palestra Itália, um desfalque certo é o atacante Alex Mineiro, que recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Quem também deve ficar de fora é Martinez, que sentiu uma lesão na perna. "Pelo o que eu senti Serpa muito difícil jogar", declarou o volante após o clássico.Já Pierre e Elder Granja, que se recuperam de contusão, devem estar à disposição de Vanderlei Luxemburgo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.