Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Luxemburgo reestreia no Palmeiras com teste na zaga e observação de garotos

Diante do Atlético Nacional, na Florida Cup, novo treinador quer avaliar elenco e fazer várias alterações

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

15 de janeiro de 2020 | 04h30

Experimento na zaga, novo comandante, chance a garotos e muitas substituições. O Palmeiras terá uma série de testes para realizar nesta quarta-feira, às 22h30, em Orlando, no primeiro jogo do time na temporada 2020. A equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo enfrenta o Atlético Nacional, da Colômbia, na primeira de duas partidas que serão disputadas antes da estreia do clube em competições oficiais no ano.

Tanto contra o time colombiano como no sábado, diante do New York City, o plano do Palmeiras é fazer várias substituições, observar o máximo de jogadores possível e voltar ao Brasil com mais informações sobre cada uma das opções do elenco. A cerca de uma semana da estreia no Campeonato Paulista, dia 22, contra o Ituano, o time precisa avaliar o quanto os trabalhos da pré-temporada têm sido positivos.

O Palmeiras de 2020 terá como principal mudança a presença de revelações das categorias de base. Oito atletas criados no clube estão na Florida Cup e um deles deve ser titular contra o Atlético Nacional. O atacante Gabriel Veron, de 17 anos, é a grande aposta, porém nomes como os meias Alan e Patrick de Paula também devem ser observados no decorrer da partida.

Na parte tática, o ponto principal é avaliar a nova função de Felipe Melo. O volante deve ser escalado como zagueiro ao lado de Gómez. O objetivo é dar mais qualidade ao time na saída de bola. A mudança coincide com a busca do clube para ter um novo estilo de jogo em 2020, com menos lançamentos longos e mais velocidade na troca de passes.

"Quando você traz ele para trás, mais cinco metros ou dez, ele vai deixar de correr 60% do jogo. Ele vai correr só 40%. Com a inteligência, a qualidade e a força física que tem, não tenho dúvida de que ele pode se tornar um grande zagueiro", disse Luxemburgo em entrevista à organização da Florida Cup. "Com a idade que ele tem (36 anos), ele joga de volante. Só que a intensidade do jogo é diferente", comentou.

A equipe vai enfrentar os colombianos enquanto ainda aguarda reforços. A diretoria não anunciou nenhum nome até agora, enquanto vários jogadores já deixaram o elenco. Outros nomes aguardam a definição para assinarem com outras equipes, casos do volante Jean, do meia Guerra e do atacante Deyverson.

A possível escalação inicial para a partida contra o Atlético Nacional deve ter: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Felipe Melo e Diogo Barbosa; Bruno Henrique, Patrick de Paula e Lucas Lima; Dudu, Gabriel Veron e Luiz Adriano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.