Luxemburgo revê tática para clássico

A vitória do Corinthians sobre o São Paulo por 3 a 1, neste domingo, deve provocar algumas mudanças na programação do Palmeiras. O técnico Vanderlei Luxemburgo trabalhava com a possibilidade de poupar alguns jogadores nas últimas duas rodadas do Torneio Rio-São Paulo - o time já está classificado para a semifinal da competição -, mas deve mudar de idéia. Agora, o clássico de domingo, contra o arqui-rival, ganhou importância. Os dois times vão brigar pela liderança do torneio, no Morumbi. O Palmeiras tem 30 pontos, 3 a mais que o Corinthians, mas, se o time de Carlos Alberto Parreira vencer, ficará com a primeira posição por ter mais saldo de gols. "A primeira posição é importante, porque dá vantagem na próxima fase", analisou Luxemburgo. O primeiro colocado jogará na semifinal e na final por dois resultados iguais. Se vencer o Corinthians, a equipe assegurará matematicamente o título simbólico da primeira fase. Na última rodada, o Palmeiras enfrentará a Ponte Preta, em Campinas. O zagueiro César, que está se recuperando de um torcicolo, ficará à disposição da comissão técnica. O atacante Itamar, que cumpriu suspensão no sábado, quando o time derrotou o Guarani por 3 a 2, também poderá voltar ao time. Ele, no entanto, deverá ficar na reserva. A boa atuação no fim de semana deve garantir a vaga de titular a Muñoz. "Sempre soube do potencial dele", destacou Luxemburgo, referindo-se ao atacante colombiano. Feliz com o desempenho, Muñoz foi neste domingo ao Rio para mostrar a Cidade Maravilhosa ao irmão, Juan Diego, que está passando alguns dias no Brasil. O elenco do Palmeiras estará de folga também nesta segunda-feira e retorna aos treinamentos apenas na tarde de terça-feira.

Agencia Estado,

31 Março 2002 | 20h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.