Luxemburgo se defende citando Geisel

Na entrevista coletiva ao final da partida em que o Corinthians venceu o Santos por 2 a 1 e garantiu sua vaga para a final do Campeonato Paulista, o técnico Wanderley Luxemburgo resolveu falar sobre o processo que responde por falsidade ideológica. Puxou uma folha de papel e leu um trecho do livro de Ernesto Geisel: A Educação Pela Disciplina. O texto dizia: ´Nasci em Bento Gonçalves em 3 de agosto de 1907, embora os meus assentamentos militares figura a data de 1908. É que havia uma idade limite para entrar no Colégio Militar, e como era comum esse procedimento na época, muitos alteravam a data de nascimento?.Conclusão de Luxemburgo: "Se até um presidente da República já alterou a data de nascimento porque era comum esse tipo de coisa, não posso ser punido por causa disso".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.