Luxemburgo terá de indenizar Cerdeira

O técnico do Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, terá que pagar R$ 100 mil ao ex-árbitro Cláudio Vinícius Cerdeira, referentes a um processo por danos morais, impetrado em 1998, após o ex-juiz ser ofendido pelo treinador numa partida entre o Santos, então comandado por Luxemburgo, e o Internacional-RS, no Morumbi. O prazo para o técnico recorrer expirou no dia 25 de outubro e agora o advogado José Alberto Diniz vai exigir o cumprimento da decisão da 43° Vara Cível do Rio.José Alberto vai entrar com um processo de execução através de uma carta precatória e o treinador terá 24 horas para fazer o pagamento ou terá algum bem penhorado. O advogado tem em mãos mais dois processos contra Luxemburgo, um na 9ª Vara Cível e outro na 9ª Vara Criminal, ambas do Rio. Esses dois, porém, foram impetrados pelo ex-árbitro Léo Feldman, que também diz ter sido ofendido em outra partida do Santos, em 1997.Cerdeira está sempre envolvido em processos contra treinadores ou dirigentes. Ele já ganhou uma ação contra o ex-presidente do Botafogo Carlos Augusto Montenegro, na Justiça do Rio, em que recebeu o valor relativo a 100 salários mínimos, em 1997.

Agencia Estado,

31 de outubro de 2002 | 18h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.