Luxemburgo testa formação mais ofensiva no Fluminense

Sob pressão, depois de estacionar nos 36 pontos e ocupar agora a 15ª posição no Campeonato Brasileiro, o Fluminense se prepara para enfrentar o Vitória, domingo, no Maracanã. Nesta quinta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo testou a formação com três atacantes: colocou Rhayner ao lado de Biro Biro e Rafael Sóbis. Claro indício de que ele quer ver o time agressivo, disposto a se distanciar da zona de rebaixamento.

AE, Agência Estado

24 de outubro de 2013 | 20h02

A diferença do Fluminense para o Vasco, que abre a zona de rebaixamento, é de apenas três pontos (36 a 33). O time de Luxemburgo já está sem vencer há seis partidas e tem sofrido com o excesso de desfalques - motivado em grande parte pelo número de jogadores contundidos ao longo da competição.

Para Luxemburgo, há um novo obstáculo a ser superado: o abalo emocional do time, pelo risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento. Por isso, ele preferiu durante a semana reunir o grupo e falar sobre a responsabilidade de livrar o Fluminense dessa ameaça.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseLuxemburgo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.