Gilvan de Souza/ Divulgao
Gilvan de Souza/ Divulgao

Luxemburgo testa mudanças no Flamengo, mas faz mistério

"Mudei os jogadores, não o desenho do time", afirmou o treinador ao fim da atividade; Gabriel e Eduardo da Silva foram titulares na frente

Estadão Conteúdo

10 de fevereiro de 2015 | 19h33

Como havia indicado nos últimos dias, Vanderlei Luxemburgo testou mudanças na equipe do Flamengo durante o treino desta terça-feira, em preparação para a partida contra a Cabofriense, quarta, no Maracanã. O técnico, porém, fez mistério e não confirmou quais peças serão alteradas no time.

"É questão de dar ritmo. Não sei quem vai começar", afirmou o treinador após o treino desta terça. Ele manteve boa parte da atividade fechada à imprensa e justificou que não fez grandes mudanças. "Mudei os jogadores, mas não mudei o desenho do time. É um processo de análises", desconversou.

As principais mudanças aconteceram no setor ofensivo, que não vem convencendo a torcida neste início de Estadual. Luxemburgo deu chances a Gabriel e Eduardo da Silva, recuperados recentemente de lesões. Alecsandro, que já vinha entrando no decorrer de algumas partidas, também foi testado entre os titulares.

Nos demais setores, a maior alteração foi o retorno de Paulo Victor. Recuperado de uma concussão no crânio e liberado pelos médicos do clube, o goleiro treinou com uma proteção na cabeça na segunda e nesta terça se mostrou pronto para fazer seu retorno ao time.

A equipe testada por Luxemburgo nesta terça contou com: Paulo Victor; Pará, Samir, Wallace e Anderson Pico; Márcio Araújo, Canteros, Éverton e Arthur Maia (Eduardo), Gabriel (Alecsandro) e Marcelo Cirino.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengotreino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.