César Greco / Agência Palmeiras
César Greco / Agência Palmeiras

Luxemburgo valoriza 'jogo de estratégia' após vitória suada do Palmeiras

Equipe alviverde se classificou com a vitória construída nos minutos finais da partida

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2020 | 00h46

O técnico Vanderlei Luxemburgo exaltou as mudanças realizadas no Palmeiras ao longo da vitória sobre o Santo André e valorizou o que chamou de "jogo de estratégia" nesta quarta-feira. O time alviverde se classificou às semifinais do Paulistão após vencer o adversário, uma das sensações do campeonato, por 2 a 0, com gols somente nos minutos finais do jogo disputado no Allianz Parque.  

"É um jogo que sabíamos que seria muito difícil. Tiveram (o Santo André) um campeonato bom, mudaram quatro ou cinco jogadores, mas mantiveram um time equilibrado", comentou o treinador, ao reconhecer as dificuldades impostas pelo adversário nesta noite. O Santo André chegou a criar as chances mais claras de gol no primeiro tempo. E impôs forte marcação ao longo dos 90 minutos.

Para tentar superar esta barreira, Luxemburgo mudou todo o meio-campo palmeirense no segundo tempo. "Entrei com uma equipe mais sólida no meio-campo para não cometer tanto erro, para jogar o time dele para trás. Aí fui deixando o time mais leve com Lucas Lima, Scarpa e Willian."

Na metade da etapa final, o treinador colocou Luan no lugar de Ramires, deslocando Felipe Melo da zaga para o meio-campo. "Aí eles começaram com um contra-ataque mais perigoso, coloquei o Felipe onde ele sempre jogou e o Bruno (Henrique) saindo mais pro jogo. Foi um jogo de estratégia, de classificação", analisou o treinador.

Felipe Melo acabou marcando o primeiro gol da partida, aos 43 minutos do segundo tempo - o segundo foi anotado por Marcos Rocha aos 48. Ao fim da partida, o volante também elogiou as mudanças feitas por Luxemburgo.

"Estou aqui para ajudar, comecei na zaga, o professor optou por me colocar no meio de campo, deu certo", disse o jogador, que valorizou a atuação do Santo André. "O Campeonato Paulista tem nível superior, é o Estadual mais difícil, encontramos equipe que os jogadores vão estar em Série B e em Série A. A dificuldade é enorme."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.