Luxemburgo vê empate positivo e crê em vaga do Grêmio

Mesmo atuando em casa, o Grêmio saiu de campo satisfeito com o empate por 0 a 0 diante do Fluminense, na última quarta-feira, pela Libertadores. Com um jogador a menos desde o fim do primeiro tempo, após a expulsão do zagueiro Cris, a equipe conseguiu segurar o adversário e agora depende apenas de um empate na última rodada do Grupo 8, diante do Huachipato, fora de casa, para ir às oitavas de final do torneio.

AE, Agência Estado

11 de abril de 2013 | 09h56

"Acho que o resultado foi bom. A vitória ou o empate nos daria quase que a mesma coisa. Só dependemos de nós, o Grêmio é um clube muito grande, preparado a jogar jogos decisivos. Então vamos para lá (Chile) com esse pensamento", declarou o técnico Vanderlei Luxemburgo, que fez uma breve análise a partida.

"Jogamos a maior parte do tempo com um a menos, em um jogo decisivo é complicado. No começo do jogo tivemos o domínio territorial, eles só estavam atuando no campo deles. Depois, se ajeitaram no campo, tiveram um corredor pela direita que preocupou bastante. Mas tenho que enaltecer o desempenho da equipe com um jogador a menos", comentou.

Mesmo elogiando a atuação gremista e celebrando o resultado, Luxemburgo sabe que a equipe ainda está longe do ideal. Para o treinador, as diversas mudanças no elenco para esta temporada fazem com que o time gaúcho ainda esteja um pouco abaixo dos principais adversários no Brasil, como Corinthians, Atlético-MG e o próprio Fluminense.

"Só tem dois clubes no Brasil prontos: o Atlético-MG e o Corinthians, que conseguem ter uma consistência porque vem há bastante tempo juntos. O Fluminense é outro time pronto, que veio aqui e mostrou a filosofia do treinador implantada. Nós mudamos muitos jogadores esse ano, então acho que estamos até avançados, com algumas etapas bem percorridas. Estamos no caminho certo, mas ainda não estamos prontos", avaliou o técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.