Lyon bate Toulouse e assume a liderança na França

O Lyon conseguiu grande virada sobre o Toulouse neste sábado, em casa, por 2 a 1, subiu aos 17 pontos e assumiu temporariamente a liderança do Campeonato Francês. No entanto, a equipe pode perder a primeira colocação neste domingo para o Bordeaux, que tem 16, três gols a mais de saldo e enfrenta o Rennes em casa.

AE, Agencia Estado

26 de setembro de 2009 | 18h31

Apesar do apoio da torcida, o Lyon foi surpreendido logo aos 9 do primeiro tempo por Sissoko, que colocou o Toulouse em vantagem. A virada sairia só no segundo tempo. Aos sete, o atacante Yannis Tafer empatou a partida, enquanto o senegalês naturalizado francês Bafétimbi Gomis garantiu a vitória aos 26.

Para assumir a liderança, o Lyon contou com o vacilo do Olympique de Marselha, que perdeu neste sábado por 3 a 2, fora de casa, para o Valenciennes, e estacionou nos 14 pontos. A derrota foi ainda mais amarga porque a equipe de Didier Deschamps esteve duas vezes na frente, mas não soube aproveitar a vantagem.

O espanhol Morientes abriu o placar aos 13 do primeiro tempo, mas Bisevac empatou para o Valenciennes sete minutos depois. A reação do Olympique de Marselha foi imediata e, aos 23, Niang deixou a equipe novamente na frente. No entanto, Ducourtioux igualou aos 29 e, quando o jogo parecia que terminaria empatado, o zagueiro brasileiro Rafael virou aos 37 da segunda etapa.

Depois de sair perdendo para o Lorient, fora de casa, o Paris Saint-Germain buscou o empate e foi a 12 pontos. Mvuemba marcou para os mandantes, mas Hoarau empatou.

Já o Monaco foi derrotado em casa pelo Saint-Étienne e estacionou também nos 12 pontos. Sanogo abriu para os visitantes logo aos três do primeiro tempo e Puygrenier empatou aos 9 da segunda etapa, mas Bergessio fez o gol da vitória do Saint-Étienne já nos acréscimos.

Em casa, o Auxerre bateu o Grenoble sem dificuldades por 2 a 0, com gols de Pedretti e Hengbart, ambos no segundo tempo. Também em seus domínios, o Montpellier venceu o Boulogne por 1 a 0, com gol de Dzodic. Já o Nancy teve dificuldades, mas venceu o Sochaux por 2 a 1, com dois gols de Hadji.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.