Daniel Ochoa de Olza/AP
Daniel Ochoa de Olza/AP

Lyon e Atlético de Madri estão na fase de grupos da Liga

Franceses eliminaram o Anderlecht; clube espanhol passou pelo Panathinaikos com golaço do argentino Aguero

EFE,

25 de agosto de 2009 | 18h25

Lyon e Atlético de Madri confirmaram o favoritismo mostrado na partida de ida e garantiram presença na fase de grupos da Liga dos Campeões desta temporada.

 

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Mesmo jogando em Bruxelas, a equipe francesa atropelou novamente o Anderlecht, por 3 a 1, com todos os gols marcados pelo argentino Lisandro López. O argentino Matías Suárez descontou. Na ida o placar foi de 5 a 1, no Estádio Gerland.

 

Já o Atlético de Madri passou pelo Panathinaikos por 2 a 0, no Vicente Calderón. Vyntra, aos três minutos, tentou cortar um chute do uruguaio Diego Forlán e acabou mandando ao fundo das próprias redes.

 

O segundo gol saiu aos 37, em bela jogada individual do argentino Sergio Aguero. Os espanhóis já tinham vencido o primeiro confronto por 3 a 2, semana passada.

 

Quatro brasileiros estiveram em campo: Paulo Assunção foi titular do Atlético de Madri e Cléber Santana entrou em campo no segundo tempo, enquanto Gilberto Silva e Gabriel atuaram os 90 minutos pelo Panathinaikos.

 

Em Israel, o Maccabi Haifa obteve a segunda vitória sobre o Red Bull Salzburg e se classificou. Dvalishvili, Golasa e Ghadir marcaram nos 3 a 0 da equipe, que já tinha vencido a ida por 2 a 1.

 

Outro classificado é o Zurique, da Suíça. O time perdeu de 2 a 1 para o Ventspils por 2 a 1 na casa do adversário, mas se classificou por ter vencido por 3 a 0 o jogo de ida.

 

O Debreceni, da Hungria, venceu o Levski Sófia por 2 a 0, com gols de Varga e Rudolf. Na primeira partida, o time ganhou por 2 a 1. É a primeira vez que um time do país se classifica a esta etapa da Liga desde a temporada 1995/1996, com o Ferencvaros.

 

Nesta quarta-feira saem os outros cinco classificados à fase de grupos. Estão em vantagem o Arsenal, da Inglaterra, o Olympiacos, da Grécia, e os alemães do Stuttgart.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.