Jean Fraçois Monier/AFP
Jean Fraçois Monier/AFP

Lyon e Monaco vencem e avançam na Copa da França; brasileiros marcam pelo Lille

Thiago Mendes (ex-São Paulo) e Thiago Maia (ex-Santos) fizeram gols diante do Le Mans fora de casa

Estadão Conteúdo

06 Janeiro 2018 | 21h26

Lyon e Monaco confirmaram o favoritismo em suas estreias na Copa da França ao vencerem Nancy e Moulins Yzeure, respectivamente, neste sábado, e avançarem na competição. O Lyon teve muito mais dificuldade para despachar o adversário da segunda divisão e só conseguiu a vitória por 3 a 2 no último lance da partida. Já o Yzeure, da terceira divisão, até ofereceu certa resistência ao Monaco, mas o time do atacante colombiano Falcao Garcia embalou na segunda etapa e goleou por 5 a 2.

+ Confira a classificação do Campeonato Francês

O Lyon, inclusive, viu até a classificação ser ameaçada, já que, após abrir o placar com Fekir, levou a virada com gols de Robic e Nordin. Mas teve forças para buscar o empate com o zagueiro brasileiro Marcelo e conseguir a classificação no último lance da partida, em cobrança de falta rasteira de Cornet.

Ao contrário do Lyon, o Monaco teve vida mais tranquila para avançar na Copa da França. Muito graças à atuação de gala do atacante argentino Guido Carrilo, que marcou três vezes na vitória - o primeiro, o terceiro e o último gol. Jovetic e o brasileiro Fabinho completaram a goleada.

Assim como os rivais Monaco e Lyon, o Lille também venceu e seguiu na competição. Com gols dos meias Thiago Mendes (ex-São Paulo) e Thiago Maia (ex-Santos), derrotou o Le Mans fora de casa por 4 a 2. Além dos brasileiros, o argentino Ezequiel Ponce e o marfinense Pepe marcaram para os visitantes.

Quem não teve a mesma sorte e competência para se classificar foi o Nice. O time do astro italiano Mario Balotelli perdeu fora de casa para o Toulouse por 1 a 0 e foi eliminado do torneio. O gol da vitória foi marcado pelo brasileiro Somália, logo no início da partida.

Nos outros jogos com times da primeira divisão da França, Caen e Guingamp se classificaram ao vencer Hazebrouck e Niort, respectivamente, e o Montpellier precisou dos pênaltis para bater o Pontarlier, após empatar no tempo normal, e seguir na competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.