Phil Noble/Reuters
Phil Noble/Reuters

Má fase de Falcao é 'problema grande' para a seleção, diz Pékerman

Às vésperas da Copa América, atacante colombiano vive jejum

Estadão Conteúdo

22 Março 2015 | 11h33

José Pékerman, treinador da Colômbia, manifestou seu apoio ao atacante Falcao García em meio à péssima fase que atravessa no Manchester United, mas isso não significa que o treinador esteja satisfeito com o centroavante. Ele admitiu que o desempenho do jogador desde que chegou à Inglaterra preocupa, principalmente às vésperas da Copa América do Chile, que começa em junho.

"O Falcao é um problema grande para resolver, grande como a tristeza que ele está sentindo. Não está descuidando da preparação física e será importante contar com ele", declarou. "Estou humanamente a favor do Falcao, entendo o que está sofrendo. Merece a oportunidade para demonstrar que está bem. Sinto que preciso apoiá-lo, compreendo o quão duro é passar por este mau momento."

Apesar de manifestar sua solidariedade a Falcao e avaliar que o jogador merece receber mais chances, Pékerman negou-se a comentar o trabalho de Louis van Gaal, que vem deixando o atacante no banco do Manchester. "Apoiar é uma coisa, julgar a decisão do treinador é outra. Não me parece que eu deva opinar."

Até para explicitar seu apoio, o treinador confirmou o nome de Falcao entre os 24 convocados para os amistosos da Colômbia contra o Bahrein, quinta-feira, e o Kuwait, no próximo dia 30. A principal ausência da lista ficou por conta do meia James Rodríguez, que continua lesionado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.