Érico Leonan/ São Paulo
Érico Leonan/ São Paulo

Má fase do ataque desafia início de trabalho de Mancini no São Paulo

Jogadores do setor ofensivo vivem momento ruim e marcaram apenas um gol nos sete últimos jogos

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2019 | 04h30

A reestruturação do São Paulo neste início de temporada obriga principalmente o time a melhorar justamente em um dos setores mais badalados do elenco. O ataque passa por um momento ruim, ao ter marcado somente um gol nos últimos sete compromissos, apesar do investimento da diretoria em reforços e da manutenção das principais peças do ano passado.

Dos jogadores disponíveis para o ataque, somente Pablo marcou gol nos últimos jogos do São Paulo. O jogador trazido do Athletico por cerca de R$ 26 milhões anotou na derrota de domingo diante do Corinthians, pelo Campeonato Paulista, e amenizou o momento ruim do setor ofensivo. A equipe chegou a ficar três partidas consecutivas de 2019 sem balançar as redes.

Enquanto o clube conta com o técnico interino Vágner Mancini e aguarda a chegada do técnico Cuca, parte dos trabalhos no CT da Barra Funda têm enfase na melhora da produção ofensiva. O São Paulo começou o ano com vitórias por 4 a 1 sobre o Mirassol e 3 a 0 diante do Novorizontino, para depois ver o ataque não produzir o suficiente nos outros compromissos.

A má fase coincidiu, inclusive, com a eliminação na Copa Libertadores. O São Paulo passou os dois jogos do encontro com o Talleres sem marcar e pouco levou perigo ao gol adversário. No intervalo entre as partidas de ida de a volta, o time perdeu para a Ponte Preta, pelo Campeonato Paulista, após passar os 90 minutos sem criar uma chance de gol.

O São Paulo trouxe neste ano para ataque nomes como Pablo e Biro Biro. Jogadores remanescentes do ano passado como Everton, Diego Souza e Gonzalo Carneiro não conseguiram boas atuações. A equipe do Morumbi, curiosamente, fechou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro do ano passado na liderança e com o melhor ataque da competição naquela altura do torneio, com 32 gols em 19 jogos.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.