Machucado, Kléber Pereira vira dúvida no Santos

Com uma torção no tornozelo direito, atacante pode ficar de fora do duelo contra o Grêmio Barueri

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

29 de janeiro de 2008 | 10h13

O atacante Kléber Pereira, com torção no tornozelo direito, é dúvida para o jogo do Santos contra o Barueri, quinta-feira à noite, na Vila Belmiro. Ele iniciou tratamento depois da partida de domingo, com o Bragantino, e nesta segunda foi reavaliado pelo médico Carlos Braga, que tem poucas esperanças na sua recuperação. Veja também: Leão diz que realidade no Santos é dos jovens "O local desinchou parcialmente, mas, como houve um pequeno comprometimento dos ligamentos, fica mais difícil a sua recuperação a tempo de ser escalado na quinta-feira", disse Carlos Braga. Kléber Pereira se contundiu ao sofrer um pisão no tornozelo direito durante o jogo contra o Bragantino. Além disso, ele ainda levou uma bronca do técnico Emerson Leão. "Mandei o Kléber Pereira ficar perto da área, onde é temido pelos zagueiros adversários. Ele não me ouviu e ainda sofreu um pisão e está com o tornozelo inchado", reclamou o comandante santista. Se Kléber Pereira não puder jogar contra o Barueri, Leão pode voltar a escalar Renatinho, agora para formar dupla com o garoto Tiago Luís, ou lançar Alemão, outro garoto recentemente promovido e que foi bem na Copa São Paulo de Futebol Júnior.  REFORÇONesta segunda-feira, o goleiro Douglas assinou contrato por três anos com o Santos para ser um dos reservas de Fábio Costa. Ele foi indicado pelo auxiliar de Leão, Pedro Santilli, e começou a carreira no Botafogo, de Ribeirão Preto, onde foi reserva de Doni. Em 2006, Douglas jogou pelo Iraty, do Paraná, e no ano passado foi campeão paulista da Série A-3 pelo Olímpia. Ele vinha fazendo teste no Santos desde o início do ano e acabou sendo aprovado.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.