Francois Mori/EFE
Francois Mori/EFE

Macron visita seleção da França e exalta futebol: 'Pode criar coesão nacional'

Presidente francês já disse que pretende acompanhar a reta final da campanha se o país passar da fase de grupos

Estadão Conteúdo

05 Junho 2018 | 11h54

Presidente da França, Emmanuel Macron visitou nesta terça-feira a delegação de futebol do país, que se prepara na cidade de Clairefontaine para disputar a Copa do Mundo na Rússia. O chefe de Estado francês manifestou apoio aos jogadores e à comissão técnica e mostrou otimismo quanto às chances de a seleção nacional conquistar o título.

"Existe êxito em uma competição quando se ganha", afirmou Macron, que destacou a juventude do elenco. "O que importa é que estamos todos dando suporte à equipe. É um grupo jovem. Toda uma geração de futebol está por trás desse time", declarou o presidente.

 

Para Macron, o resultado da seleção no Mundial tem relevância para a população francesa. "É importante para o moral do país. Esporte é um elemento de emancipação pessoal, um conjunto que permite ter figuras exemplares. Permite criar coesão nacional. Em momentos difíceis, ter uma equipe levando nossas cores é bom para milhares de cidadãos que creem nisso", discursou.

O presidente francês pretende acompanhar a reta final da campanha do país, se a equipe treinada por Didier Deschamps tiver sucesso nas primeiras fases do Mundial. "Se passar das quartas de final, irei a todas as partidas. Nesse caso, estarei na semifinal e na final", prometeu.

A estreia da França na Copa do Mundo vai acontecer no dia 16, contra a Austrália, em Kazan. O compromisso seguinte vai ser contra o Peru, no dia 21, e o último jogo dos franceses no Grupo C vai ser contra a Dinamarca, no dia 26.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.