Arquivo/AE
Arquivo/AE

Madson diz que confusão com santistas já foi superada

'Foi um fato isolado e sei que a verdadeira torcida está do meu lado', resumiu o meia-atacante

AE, Agencia Estado

18 de maio de 2009 | 11h51

O meia Madson, um dos destaques do Santos no Campeonato Paulista, tentou minimizar a discussão que se envolveu com torcedores na Vila Belmiro no empate em 3 a 3 com o Goiás. Ele, que deixou o gramado chorando, reconheceu que ficou chateado por ter sido chamado de corintiano, mas acredita que o comportamento não reflete o pensamento da torcida do Santos.

Veja também:

link Santos sai na frente, mas só empata em casa com o Goiás

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

"Foi um fato isolado e sei que a verdadeira torcida do Santos está do meu lado. O jogo estava difícil e no momento em que mais precisávamos de apoio, um único torcedor me chateou. No final do jogo, tentei explicar a ele que o fato de receber uma camisa do Ronaldo não significa que sou corintiano, mas ele estava com a cabeça quente", afirmou.

Madson garante que já superou a confusão e garante ter recebido o apoio de vários santistas. "Tenho um espaço na internet destinado à imprensa, mas por ali chegaram várias mensagens de apoio. Agradeço o carinho. Garanto que o fato foi superado e prometo o tradicional empenho na partida contra o Fluminense. Vai ser difícil, porém uma vitória fora de casa seria excelente. Vamos nos esforçar para conquistá-la", revelou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.