Arquivo/AE
Arquivo/AE

Madson vira estrela do Santos na reta final do Paulista

Meia teve temporada ruim no ano passado, quando foi rebaixado à Série B do Brasileirão com o Vasco

AE, Agencia Estado

19 de abril de 2009 | 07h57

SÃO PAULO - Madson foi um dos principais nomes do Santos na vitória que garantiu a classificação para a final do Campeonato Paulista, e virou uma das grandes armas da equipe na briga pelo título estadual, que seria o terceiro em quatro anos - o time venceu em 2006 e 2007.

Veja também:

linkSantos vence o Palmeiras e está na final do Paulistão

linkVágner Mancini critica arbitragem

tabela  Campeonato Paulista - Calendário / Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

"Graças a Deus tive a felicidade de receber um passe e fazer o gol", afirmou o camisa 10 do time da Vila, que chegou ao quinto gol no Campeonato Paulista ainda no primeiro tempo da partida, exatamente no momento em que o Palmeiras começava a aumentar a pressão.

O tempo todo, no entanto, Madson infernizou a defesa palmeirense com sua velocidade, especialmente nos piques curtos com a bola dominada. Antes da partida, ele já avisou: "Vamos correr o jogo todo". No intervalo, ao ser questionado por um repórter de rádio sobre seu pique, até fez um comercial: "Aqui é uma pilha Duracell. Tô pronto para correr ainda mais no segundo tempo". Foi o que fez, mostrando que é hoje uma figura fundamental para o Santos.

No esquema de Vágner Mancini, Madson tem a liberdade de encostar nos atacantes e finalizar. "Eu sempre enxerguei esta possibilidade para o Madson. Ele é muito rápido e tem boa visão de jogo, e isso é fundamental para o sucesso do time", disse o técnico santista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.