Nilton Fukuda|Estadão
Nilton Fukuda|Estadão

Mãe do goleiro Danilo diz que 'perdeu filho, mas ganhou milhares'

Ilaide Padilha conta que tem se emocionado com a demonstração de carinho em Chapecó

Daniel Batista e Gilberto Amendola, enviados especiais a Chapecó, O Estado de S. Paulo

02 de dezembro de 2016 | 14h16

Ilaíde Padilha, mãe do goleiro Danilo, afirmou nesta sexta-feira que "perdeu um filho, mas ganhou milhares" ao referir-se aos torcedores da Chapecoense e a todos os brasileiros que se solidarizaram com a tragédia vivida pela família dela. Danilo foi um dos 19 jogadores da Chapecoense que morreu no acidente aéreo na Colômbia, na madrugada de terça-feira.

Ilaíde emocionou os jornalistas que estavam trabalhando na Arena Condá ao abraçar vários profissionais da imprensa e agradecer "por ter colocado o filho dela em um pedestal".

Ela conta que também foi "abraçada por toda a cidade" e que tem se emocionado com "a demonstração de carinho das crianças". Ilaide contou que pensou em levar o corpo do filho direto para Cianorte, sua cidade de origem, no Paraná. "Mas depois de acompanhar tudo o que a torcida está fazendo aqui. Acredito que a torcida também era a família dele."

Ao ser perguntada sobre a força que tem demonstrado, ela avisou: "Não posso me derrubar agora. Depois eu me acerto com Deus".

AO VIVO

Um dos momentos mais marcantes do contato da mãe de Danilo com a imprensa aconteceu durante entrevista ao canal SporTV, ao vivo. Após responder perguntas do repórter Guido Nunes, ela inverteu a situação e questionou o jornalista: "Como vocês da imprensa estão se sentindo tendo perdido tantos colegas?".

Visivelmente emocionado, o repórter não conseguiu responder. "Posso te abraçar em nome da imprensa?", questionou a mãe de Danilo. Ela, então, deu um prolongado abraço e enxugou as lágrimas do repórter durante transmissão do programa Seleção SporTV.

Tudo o que sabemos sobre:
Chapecoensefutebolacidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.