Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Mãe e mulher do goleiro Danilo emocionam e são homenageadas na Chapecoense

Ilaíde Padilha e Letícia são ovacionadas pelo público na Arena Condá

Daniel Batista e Gilberto Amendola, enviados especiais a Chapecó, O Estado de S. Paulo

03 de dezembro de 2016 | 18h00

Uma cena no final do velório da delegação da Chapecoense, vítima do acidente aéreo que matou 71 pessoas na última terça-feira em Medellín, emocionou a todos neste sábado na Arena Condá, em Chapecó. A mãe do goleiro Danilo, Ilaíde Padilha, e a mulher do jogador, Letícia, deram uma volta olímpica no estádio e arrancaram aplausos e gritos dos torcedores.

A mãe do goleiro tem chamado a atenção desde que aconteceu a tragédia pela forma com que se comporta, sempre muito afetuosa. Ela emocionou a todos ao durante uma entrevista para o canal Sportv, quando perguntou ao repórter Guido Nunes como ele estava se sentimento por ter perdido tantos amigos jornalistas. A perguntou fez com que ele chorasse e depois ganhasse um abraço de Ilaíde.

Neste sábado, Ilaíde e Letícia, que têm adotado uma postura mais reservada, exibiram uma cartão com a foto de Danilo e elas foram ao gol em que Danilo fez a inesquecível defesa contra o San Lorenzo, que fez com que o time brasileiro fosse para a decisão da Copa Sul-Americana.

O goleiro Danilo tem sido o jogador mais reverenciado pelos torcedores nos últimos anos. Ele será enterrado na cidade de Cianorte, interior do Paraná, sua cidade natal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.