Magnata russo aumenta participação no Arsenal

Alisher Usmanov obtém 24% das ações e se torna maior acionista do clube ao lado do empresário Danny Fizsman

Efe,

15 de fevereiro de 2008 | 15h41

O magnata russo Alisher Usmanov detém agora 24% das ações do Arsenal, atual líder do Campeonato Inglês, anunciou nesta sexta-feira a empresa "Red and White" em comunicado. Até agora, o maior acionista do Arsenal era o empresário Danny Fizsman, que conta com 24% de participação no clube londrino, segundo a agência Interfax. Usmanov, proprietário da Metalloinvest, líder no setor metalúrgico russo, anunciou sua intenção de se tornar o acionista majoritário do Arsenal. O magnata russo, torcedor do clube londrino há anos, acha que o potencial de crescimento das ações é de 50 a 100%. O presidente do clube, Peter Hill-Wood, não gostaria de ver Usmanov como "dono do clube", e a própria torcida também mostrou não estar de acordo com a vinda do multimilionário russo. No último mês de outubro, a diretoria do Arsenal tomou a decisão de impedir que dirigentes vendessem suas ações para impedir que Usmanov assumisse o controle. O magnata russo acha que o clube pode ter sucesso em campo se francês Arsene Wenger, atual técnico do clube, permanecer no cargo por muitos anos. O clube londrino, avaliado em aproximadamente 640 milhões de euros (R$ 1,6 bilhão), tem 45% de suas ações nas mãos de cinco acionistas. Nos últimos meses, Usmanov comprou o jornal "Kommersant", um dos mais influentes da Rússia, e a coleção particular do falecido violoncelista russo Mstislav Rostropovich.

Tudo o que sabemos sobre:
ArsenalCampeonato Inglês

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.