Magnum, o novo nome na lista corintiana

A lista dos reforços que o Corinthians pretende contratar em 2004 ganhou mais um nome. Além de Gilberto e de Tinga, ambos do Grêmio, Dimba, do Goiás, e Velber, do Paysandu, a diretoria corre atrás de uma revelação do clube paraense: o meia-esquerda Magnum, de 19 anos. O garoto seria incluído na negociação com seu companheiro de time.Por enquanto, todas as negociações estão sendo encaminhadas com muito cuidado. No Parque São Jorge já são dadas como certas as contratações de Gilberto, Tinga e Dimba. Os três teriam até acertado salário com o clube.O diretor-técnico Roberto Rivellino não confirma nenhuma contratação. Segundo o dirigente, o Corinthians somente vai anunciar os seus reforços depois do Campeonato Brasileiro.O raciocínio é lógico, porque Grêmio, Goiás e Paysandu ainda jogam o seu futuro na competição. E Rivellino esclareceu que o Corinthians não se interessa por nenhum jogador que esteja fora do País. "Repatriar alguém é muito complicado", explicou.A idéia da comissão técnica é reforçar o time em cinco posições: um lateral-esquerdo, dois meias e dois atacantes. Esse número poderá aumentar se Fabinho for mesmo para o Cruzeiro. Nesta quarta-feira, pela primeira vez no ano, o volante admitiu a hipótese de sair. "Nunca escondi que pretendo cumprir o meu contrato até o fim, em 2005. Para nós, porém, que não pertencemos ao clube, fica difícil garantir alguma coisa."No começo do ano, o Cruzeiro tentou comprar 50% dos direitos de Fabinho. Os outros 50% são do São Caetano. Agora, Vanderlei Luxemburgo voltou a pedir a contratação do volante. O treinador do time mineiro entende que ele seria fundamental para a sua equipe na Libertadores. O virtual campeão brasileiro não fez proposta à Hicks, segundo o principal executivo da empresa no Brasil, Adhemar Magon Jr. Se fizer, o negócio deve sair.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.