Magrão é expulso após comemorar gol

O centroavante Magrão - que teve passagens pelo Palmeiras e São Caetano, entre outras equipes - viveu um domingo inusitado no futebol japonês. O brasileiro fez o primeiro gol na vitória por 2 a 0 do Gamba Osaka, sobre o Cerezo Osaka, mas a comemoração lhe custou caro. Entusiasmado com o gol no clássico, o atacante pulou as placas de publidade que circundavam o gramado para festejar próximo ao torcedores e acabou levando cartão amarelo. Como já tinha sido advertido com cartão minutos antes, Magrão foi expulso de campo. A decisão do árbitro deixou o jogador muito irritado. ?Isso nunca havia me acontecido antes. Fiquei muito feliz com o gol marcado no clássico, diante do estádio lotado e quis comemorar com os torcedores que gritavam meu nome. Acabei ficando revoltado porque fui expulso por ter comemorado um gol. Tive o mesmo castigo de um jogador que faz uma falta violenta. Mas fazer o quê? Aqui no Japão a arbitragem é soberana e ninguém critica?, reclamou. Magrão lamentou estar suspenso para a próxima partida, contra o Nagoya Grampus, equipe comandada pelo técnico Nelsinho Baptista, que o lançou nos profissionais do Palmeiras em 91. ?Infelizmente não vou jogar a próxima partida, mas estarei lá no estádio para dar um abraço no Nelsinho. Tenho grande carinho por ele, que apostou no meu potencial quando eu ainda era um garoto da equipe de juniores do Palmeiras,? disse Magrão, que neste domingo marcou seu 12º gol no Campeonato Japonês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.