Maicon ficará mais 10 dias no Brasil para tratamento

O lateral-direito Maicon vai fazer cerca de 10 dias de tratamento no Brasil para se recuperar de uma lesão muscular na perna direita, sofrida no primeiro tempo do jogo da seleção brasileira contra o Equador, no último domingo, em Quito. O médico da Inter de Milão, Franco Combi, disse que entrou conversou com o médico da seleção brasileira, José Luiz Runco, e liberou o jogador para permanecer no País.

AE, Agencia Estado

31 de março de 2009 | 13h09

"Já colaborei com Runco por muitos anos e acertamos que ele vai acompanhar o jogador até se retorno à Itália", afirmou Combi, que "troca figurinhas" com o médico da seleção brasileira desde o tempo em que Ronaldo defendia a equipe e se recuperava das cirurgias no joelho direito, em 2000 e 2001.

A previsão é que Maicon só volte a jogar daqui a um mês, o que o tiraria de vários jogos na reta final do Campeonato Italiano. "Quando ele voltar a Milão faremos testes para saber o estado da lesão e prosseguiremos com o tratamento", concluiu Combi. Sem Maicon, o técnico José Mourinho deve escalar o romeno Chivu na lateral-direita, ou então recuar o argentino Zanetti, que vem jogando no meio-de-campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.