Raúl Martínez /EFE
Raúl Martínez /EFE

Maicon lamenta falha do Grêmio no empate contra Defensor na estreia

Após sofrer para abrir o placar aos 35 minutos do segundo tempo, time gaúcho é vazado logo depois

O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2018 | 22h16

Os jogadores do Grêmio deixaram o gramado em Montevidéu com a cara fechada, de quem deixou escapar uma vitória quase certa na estreia da Libertadores. Depois de sofrer para conseguir abrir o marcador, o time tricolor vacilou no setor defensivo e permitiu o empate do Defensor quatro minutos depois.

+ TEMPO REAL: Confira como foi o jogo no Uruguai

O volante Maicon, autor do gol do time tricolor aos 35 minutos do segundo tempo, comentou sobre o empate ainda no gramado. "Sensação de derrota. Só nós jogamos. Criamos várias oportunidades, mas faltaram os gols. A gente sabia que eles só iam fazer gol se fosse de bola parada. Paciência. Ponto fora também é importante. Mas pelo jogo, a gente tinha que ter ganhado", lamentou.

O goleiro Marcelo Grohe deixou o campo sem saber o que havia acontecido. Quando ele viu, o adversário, Maulella, apareceu livre na segunda trave e cabeceou para as redes. "Não sei o que aconteceu. Vamos ter que ver na TV. Deixamos o jogador deles subir sozinho. Facilitou o trabalho deles. Era segurar até o final, mas cedemos o empate".

O Grêmio volta a campo no domingo, quando visitará o Juventude pela décima rodada do Campeonato Gaúcho. O time tricolor precisa da vitória para se afastar da zona de rebaixamento. Pela Libertadores, o Grêmio joga apenas em 4 de abril, quando enfrentará o Monagas, fora de casa, pela segunda rodada do Grupo 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.