Érico Leonan|Divulgação
Érico Leonan|Divulgação

Maicon pede mesma raça mostrada contra o River para São Paulo eliminar o Audax

O espírito de luta e a raça mostrados na vitória sobre o River Plate por 2 a 1, na última quarta-feira, no Morumbi, pela Copa Libertadores, é o exemplo para o São Paulo derrotar o Audax, neste domingo, em Osasco (SP), e passar pelas quartas de final do Campeonato Paulista. É isso o que o zagueiro Maicon quer que o São Paulo use para se classificar às semifinais do Estadual.

Estadão Conteúdo

16 de abril de 2016 | 10h06

"Se a equipe jogar da mesma maneira que foi contra o River, principalmente como foi no primeiro tempo, dificilmente será batida. A gente marcou pressão o tempo todo, sempre com pelo menos dois na bola e mostrou que se atuar com garra, força e qualidade será difícil nos bater. Todos correram e demonstraram muita vontade para buscar a vitória. E esse tem que ser o nosso espírito daqui para frente, porque tivemos personalidade e era isso que faltava. Queremos manter isso e dar continuidade ao trabalho contra o Audax", afirmou o zagueiro.

Contratado por empréstimo junto ao Porto, de Portugal, no início do ano, Maicon rapidamente mostrou que poderia ajudar e se tornou um dos líderes do grupo. "Estou satisfeito com este meu começo aqui. Não só individualmente, mas com a equipe também porque temos crescido de produção. Quando você faz o seu papel e é reconhecido, as coisas caminham para deixar o jogador ainda mais motivado. Estou satisfeitíssimo no clube, meus companheiros me receberam bem, a torcida me apoia bastante e isso tem me ajudado. Farei de tudo para manter esta boa fase", acrescentou.

O São Paulo briga atualmente em duas frentes. Além do Paulistão, o time só depende de si para se classificar às oitavas de final da Libertadores. Na próxima quinta-feira, em Laz Paz, na altitude boliviana, joga pelo empate contra o The Strongest.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.