Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Maicon revela provável cirurgia no joelho e deve perder pré-temporada do Grêmio

Volante conta que tem sentido dores nas últimas semanas e pode ficar parado por até 45 dias

Redação, Estadão Conteúdo

29 de novembro de 2019 | 14h10

O volante Maicon revelou nesta sexta-feira que deve ser submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo em janeiro, o que deve tirá-lo da pré-temporada do Grêmio. Ainda sem uma definição sobre o procedimento, o jogador disse que vem jogando com dores há algumas semanas: "Dói muito para treinar, para jogar".

"Já venho há algum tempo com o problema, fica batendo osso com osso", revelou o volante. "Junto com o doutor analisamos de fazer uma artroscopia para dar uma limpada e ver se melhora. Pode ser que eu faça em janeiro. É o meu pensamento. Quero ter condições de estar 100%, não jogar um jogo, dois e ter que parar. Aí não colaboro da maneira que quero. Estamos analisando esta situação", explicou o jogador, um dos líderes do elenco gremista.

Se a cirurgia for confirmada, Maicon deve ficar afastado por ao menos 45 dias dos gramados. Assim, perderia a pré-temporada, em janeiro, e o início da temporada do time gaúcho, que vai disputar a Copa Libertadores e o Campeonato Gaúcho no começo do próximo ano.

"Um mês, um mês e meio [fora] e aí ficar bem e poder jogar. Se melhorar do joelho, que é o que tem me atrapalhado, vou poder me preparar melhorar e aguentar o jogo inteiro", afirmou, ao justificar a ausência de uma sequência de jogos na equipe neste segundo semestre do ano.

Apesar das dores, Maicon teve certa regularidade nas escalações do técnico Renato Gaúcho na temporada. Eles esteve em campo em 40 dos 70 jogos já disputados pela equipe em 2019. Quando jogou, o time gremista conquistou 23 vitórias, obteve nove empates e sofreu oito derrotas.

TREINO

Maicon deve voltar a ser titular do Grêmio neste domingo, contra o São Paulo, em Porto Alegre, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele treinou normalmente na manhã desta sexta, assim como o veterano Léo Moura, que também deve retornar ao time no fim de semana. Ambos foram desfalques na derrota para o Athletico-PR.

Por outro lado, Renato Gaúcho tem como baixas certas o volante Matheus Henrique e o atacante Diego Tardelli. A dupla vai cumprir suspensão no domingo. Nesta sexta, Jean Pyerre e Thaciano apenas correram ao redor do gramado, em processo final de recuperação física, ainda sem prazo definido para os seus retornos ao time.

Já os zagueiros Kannemann e Geromel ficaram fora da atividade do dia, apenas por precaução, para evitar maior desgaste físico. Se vencer o São Paulo, o time gaúcho vai confirmar a vaga direta na fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.